Erva baleeira – Benefícios e propriedades

Por Stefanie Mouret em Plantas

Com o nome científico de Cordia verbenácea, a erva baleeira é uma planta de origem brasileira, tendo seus primeiros exemplares sido encontrados primeiramente na Mata Atlântica, e posteriormente espalhou-se por todo o litoral. É um arbusto perene que pode atingir entre 2 e 4 metrôs de altura. Suas folhas são elípticas, com textura extremamente áspera, podendo medir até 20 cm de comprimento, e cujo aroma lembra tabletes de tempero de carne e galinha, totalmente diferenciado de outras plantas. Sua flor é branca e a torna ainda mais bonita e especial. A erva baleeira não é apenas bela, mas possui muitas propriedades medicinais, e se tornou popular de uma forma curiosa.

Erva baleeira - Benefícios e propriedades

Foto: Reprodução

Descobrimento da planta

É sabido por todos que, antes da evolução da medicina e da indústria farmacêutica, os antigos utilizavam plantas para curar seus males, e muitos descendentes destes ainda mantém fielmente esse costume. Pois bem, algumas décadas atrás, um pesquisador da USP (Universidade de São Paulo) viajou para o litoral paulista. Começou a observar um pescador que limpava seus peixes próximo a ele, quando de repente o pescador se corta e, para limpar o ferimento e acelerar sua cicatrização, pega algumas folhas de uma planta próxima, as amassa e pinga gotas de seu sumo na ferida. Curioso, o pesquisador questionou e pescador e coletou alguns ramos da planta para estudá-la. Pesquisas e estudos químicos confirmaram que a erva baleeira auxiliava o processo de cicatrização.

Propriedades

As principais propriedades da planta erva baleeira são:

  • Anti-inflamatório;
  • Antisséptico;
  • Analgésico;
  • Cicatrizante;
  • Diurético;
  • Laxativo.

Benefícios e indicações

Embora possua muitas propriedades benéficas, dentre todas a anti-inflamatória é a mais forte e poderosa. Assim, é constantemente indicada para contusões, dores musculares ou na coluna, artrite, reumatismo, gota e inflamações em geral. Como o pescador acima citado relatou, a erva baleeira também é um excelente antisséptico, analgésico e cicatrizante, sendo assim indicada para feridas e machucados em geral, já que aliviará a dor, limpará o local e promoverá sua cicatrização de forma mais rápida. Para o consumo como chá, a erva baleeira agirá como diurética, sendo indicada para infecções do trato urinário, dificuldade para a micção e pedras nos rins.

Como utilizar?

Para utilizar em males externos, como feridas, pingue algumas gotas de suas folhas num recipiente, molhe a ponta de um pano limpo com as gotas e o aplique sobre o local afetado. No caso de inflamações, deixe cinco folhas fervendo em meio litro de água, então embebe toda uma compressa no líquido e, quando a temperatura estiver morna, aplique na área inflamada.

Já para consumir seu chá, leve ao fogo 3 folhas da erva baleeira, juntamente com meio litro de água. Deixe ferver por 5 minutos, então desligue o fogo e abafe o recipiente. Quando a temperatura estiver adequada, coe e beba o chá duas vezes por dia.