Insulina vegetal – Chá de pedra uma caá

Por Natália Petrin em Plantas

Pertencente à família das Myrtaceae, a pedra ume caá possui em torno de 150 espécies de Myrcia. O arbusto cresce em um tamanho médio e predominantemente em regiões mais secas do Amazonas e outras regiões do Brasil. A planta, no ano de 1965, foi apelidada por Dr. Cruz, médico brasileiro, como “insulina vegetal”. Nativa do Brasil, a planta tem suas folhas utilizadas no preparo do chá. Popularmente conhecida também como cambuí, essa planta possui benefícios medicinais aplicados há muitos anos no tratamento de afecções da saúde.

Benefícios e propriedades

Usada há muito tempo por tribos nativas, assim como pela medicina tradicional brasileira, a planta recebeu o apelido de insulina vegetal graças às suas propriedades. 30 anos mais tarde, o mesmo médico junto a uma equipe, conseguiram registrar ações e usos dessa pedra para o tratamento do diabetes.

Pode ser usada para tratar diarreia, hipertensão, hemorragias e úlceras da boca. Possui propriedades adstringente, antidiarreica e hipoglicêmica, o que faz com que seja eficaz no tratamento do diabetes, na prevenção das neuropatias diabéticas e da degeneração macular, atua como um tônico cardíaco fortalecendo e equilibrando, combate à hipertensão enterites, diarreias e disenterias, entre outros.

Pode ser usada ainda no tratamento de colesterol, aftas, dieta de emagrecimento, enterite, problemas renais, inflamações de útero e ovários, reumatismo e problemas de má circulação sanguínea

Insulina vegetal - Chá de pedra uma caá

Foto: Reprodução

Como usar?

O chá deve ser feito com as folhas da erva, que podem ser encontradas para comprar em lojas de produtos naturais físicas ou online. Para preparar, você vai precisar de:

  • 2 colheres de sopa de pedra ume caá
  • 1 litro de água

Em um recipiente, coloque a água e a erva, e leve ao fogo. Quando a mistura alcançar a fervura, desligue o fogo e tampe, deixando abafado por um período de aproximadamente dez minutos. Passado esse tempo, coe e consuma sem adoçar. A dose indicada é entre duas e três xícaras de chá ao dia.

Contraindicações e precauções

O uso da pedra ume caá é contraindicado para pacientes gestantes e em período de lactação. Além disso, não deve ser usada em pacientes que tenham hipoglicemia.

Antes de fazer uso dessa planta para o tratamento do diabetes e qualquer outra afecção, consulte um médico. Quando no tratamento do diabetes, é importante controlar os níveis de açúcar rigorosamente, e alguns medicamentos poderão ser alterados. O consumo pode potencializar medicamentos antidiabéticos, insulina e medicamentos para hipertensos, portanto um médico sempre deverá ser consultado antes do consumo da planta.