Melhore sua saúde respiratória com a pulmonária

Por Michelle Nogueira em Plantas

A planta pulmonária, chamada cientificamente de pulmonaria officinalis, é originária da Europa. Pode chegar de 15 a 30 centímetros de altura. Seus talos são eretos, de cor verde claro e recobertos de pelos glandulares. As folhas das rosetas basais têm um pecíolo largo, e suas flores, geralmente violetas ou azuis, crescem agrupadas em umbelas terminais.

Esta planta é rica em mucilagens, ácidos fenólicos, flavonoides, sais minerais, alantoína e taninos. É uma forte aliada contra o catarro, tosse e problemas na garganta. É graças a essa planta que se consegue um alívio progressivo, pois a mesma limpa os dutos respiratórios e os mantêm livres de infecção.

Benefícios

Possui suave ação expectorante e mucolítica, acalma a tosse seca, a rouquidão e a irritação na garganta. Pode-se usar da pulmonária para tratar a faringite, asma, tuberculose pulmonar, bronquite e frieiras. É ainda utilizada para tratar de alguns transtornos gastrointestinais e das vias urinárias, graças a seu efeito demulcente.

Melhore sua saúde respiratória com a pulmonária

Foto: Pixabay

Quando aplicada externamente, hidrata e suaviza a pele graças ao seu efeito emoliente. Além disso, devido ao seu conteúdo em alantoína, acelera a regeneração da pele reduzindo o tempo de cicatrização das feridas. Ao unir essas duas propriedades, essa planta começa a agir como um remédio anti-inflamatório e cicatrizante muito eficaz para o tratamento de lesões cutâneas e queimaduras.

Como encontro?

Essa planta, geralmente, é vendida seca e triturada. É utilizada principalmente para elaborar infusões e decocções. É comum encontrar a pulmonária em conjunto com outras plantas de efeitos expectorantes, em preparados para resfriados, gripes e demais doenças respiratórias.

Tisana peitoral

Esse é um dos remédios que podem ser feitos com a pulmonária. Coloque uma colher de sobremesa da mistura em uma xícara com água fria para ferver por alguns minutos. Deixe então descansar de cinco a 10 minutos e filtre. Como tisana expectorante, toma-se aos poucos, bem quente e adoçada com mel, várias vezes ao dia.

Precauções

Em geral, é um remédio que não apresenta toxicidade. Porém, como não possui muitos estudos voltados à ele, e que garantam a sua segurança, é aconselhável que não utilize durante a gravidez e a amamentação. Em casos de doenças pulmonares, não utilize essa planta sem antes consultar o médico especialista. Nunca substitua o tratamento convencional por remédios naturais, eles servem apenas como complemento.