O chá de alface da água e suas propriedades medicinais

Por Katharyne Bezerra em Degustação, Plantas, Saúde

A alface é uma planta muito utilizada nas refeições dos brasileiros, mas você já ouviu falar da alface da água? Esta é outra espécie rica em propriedades medicinas e benefícios à saúde humana.

Mais comum para decoração de aquários, esta erva discreta guarda em si efeitos surpreendentes para tratar e evitar doenças que acometem o organismo. Mais uma incrível oferta da natureza para os seres humanos.

Características desta planta

Também chamada de mururé, repolho d´água, erva de Santa Luzia, lentilha d´água e flor d’água, esta planta pertence à família das Araceae.

O alface da água e suas propriedades medicinais

Foto: depositphotos

Podendo apresentar um tamanho de até 25cm, alface da água pode ser cultivada em aquários e até mesmo bacias cheias de água, colocadas no jardim em lugares com a presença do sol.

As raízes da planta são finas e tornam-se lugares excelentes para a desova dos peixes, por isso são tão utilizada nos aquários. Já as folhas são da cor verde e possuem um aspecto aveludado, podendo ser utilizada no tratamento de diversas patologias devido a presença de substâncias essenciais no combate à doenças.

Propriedades e benefícios da alface da água

  • Anti-sifilítica;
  • Desinflamatória;
  • Anti-asmática,
  • Expectorante;
  • Anti-artrítica;
  • Anti-herpética;
  • Diurética;
  • Anti-disentérica;
  • Antidiabética;
  • Emoliente;
  • Anti-hemorroidal;
  • Maturativa.

Diante de tantas propriedades, a alface da água pode ser indicada no tratamento de enfermidades que acometem a bexiga e os rins. Também pode ser utilizada para recuperar o paciente que sofre com hidropisias, urinas sanguíneas, diabetes insípida, disenteria, estrangúria e hematúria.

Além destes benefícios, a planta pode ser aproveitada para combater a asma, inflamações no geral, tumores causados por erisipela, hemorroidas e até mesmo casos de hérnias infantis.

Como utilizá-la?

Desta planta pode ser feita uma infusão capaz de ser usada como uma forma de tratamento. Basta separar 30 g das folhas frescas do alface e colocar no fogo junto a um litro de água.

Após o processo de ebulição, é necessário desligar o fogo e tampar o recipiente onde encontra-se o chá. Depois, espera-se aproximadamente 10 minutos para que o produto final fique pronto.

Ainda morno, coa-se o chá e ao invés de tomar uma xícara completa, a dica é ingerir uma colher (de sopa) a cada uma hora. Este método é o mais eficaz para tratar os problemas já mencionados anteriormente.

Recomendações

Mesmo que o chá de alface da água seja um tratamento natural, é indicado procurar um médico após constatar sintomas incomuns e que estejam prejudicando sua saúde.

Quanto mais rápido tem-se o diagnóstico, mais eficaz é o tratamento. Além disso, converse com o especialista para saber a opinião dele sobre o uso do alface, pois cada organismo reage de uma maneira diferente e alguns podem ser sensíveis a este chá.