Chá de Lúcia Lima – Benefícios e propriedades

Por Gabriely Araujo em Plantas

A Lúcia Lima, de nome científico Aloysia citrodora, é uma planta medicinal com origem na América do Sul e é considerada verdadeiramente milagrosa devido às suas propriedades relaxantes que ajudam a acalmar o sistema nervoso e aliviar as temidas enxaquecas, além de ser uma ótima aliada para quem anda em falta com o sono, pois ela ajuda a regulá-lo. Esta planta é um arbusto que pode atingir de 3 a 7 metros de altura e exala um forte aroma alimonado, ela é uma espécie de angiosperma da família das verbenáceas conhecida popularmente como Bela Luísa, Erva Luísa, Doce Lima entre outros.

Lúcia Lima

Foto: Reprodução

Proveniente de países como Brasil, Peru, Argentina e Chile ela foi levada à Europa onde encantou os perfumistas do século XVIII graças ao seu aroma parecido ao do limão. Eles acabaram por incluir a Lúcia Lima nas essências usadas para a produção de perfumes da época. Esta planta é rica em óleos essenciais, principalmente o citral (30% de seu total), limoneno, crionelol, eucaliptol e geraniol o que lhe garante o aroma bastante agradável e foram os responsáveis pela sua introdução na perfumaria europeia. No continente europeu ela é cultivada apenas em algumas áreas da Europa Meridional.

PROPRIEDADES

  • Antioxidante
  • Calagoga
  • Anti-inflamatória
  • Antibiótica
  • Espasmolítica
  • Digestiva
  • Carminativa
  • Hipertensora

BENEFÍCIOS

A Lúcia Lima além de conhecida como relaxante é bastante famosa por suas propriedades digestivas auxiliando no alívio daquela mal estar depois de uma refeição pesada como uma feijoada, por exemplo, aliviando a sensação de enjoo. Contudo é bom prestar bastante atenção, pois o uso prolongado da Lúcia Lima pode até mesmo prejudicar o estômago no lugar de ajudar a trata-lo.

Ela também é carminativa, ou seja, atua como atenuante dos gases intestinais. Por ser antiespasmódica ela atua sobre o aparelho digestivo ajudando a evitar as cólicas gastrointestinais e as tão incômodas cólicas menstruais. Como hipertensora, a Lúcia Lima ajuda a diminuir a pressão arterial.

CONTRAINDICAÇÕES

A Lúcia Lima, como já citado acima, pode prejudicar o aparelho digestivo se consumida por um período muito longo.

COMO UTILIZÁ-LA?

A plants pode ser usada como repelente para mosquitos e insetos. Suas folhas podem ser empregadas como tempero para saladas, vegetais, pratos de peixe e até mesmo algumas bebidas. Pode-se ainda aproveitar suas propriedades medicinais através de um chá ou tisana, para isso basta adicionar uma colher de sopa de Lúcia Lima para uma xícara de água fervente. Beba duas vezes ao dia de preferência sem a adição de açúcar.