Rico em vitaminas B, C e K, aspargo é ideal para preparar um marcante chá

Por Katharyne Bezerra em Plantas, Saúde, Vegetais

Aspargo é um alimento muito utilizado nas cozinhas brasileiras, pois além de saboroso é benéfico ao organismo. O que pouca gente sabe é que as raízes deste alimento também são ótimas fontes de propriedades medicinais.

Por exemplo, em sua composição o aspargo possui betacaroteno, vitamina C, K e do complexo B, magnésio, manganês, fósforo e fibras. E é através dessas propriedades que o aspargo é indicado para diversos problemas de saúde.

Os benefícios do aspargo

Este alimento é indicado para mulheres que estão no período gestacional, pois ele é capaz de prevenir distúrbios no tubo neural dos bebês que estão em formação. Tal benefício provém da presença de ácido fólico na composição do aspargo.

beneficios-e-propriedades-do-cha-de-aspargo

Foto: Pixabay

Porém, antes das futuras mamães adicionarem este alimento em suas dietas, é necessário conversar com o médico e pedir orientações sobre o caso.

Além de cuidar da saúde do bebê em formação, aspargo também é indicado para evitar o envelhecimento precoce e alguns tipos de câncer. Também combate asma, artrite e aterosclerose. Inclusive, as doenças cardiovasculares não têm vez quando o aspargo é colocado em ação.

Preparando o chá

A forma de fazer o chá é através da decocção, um processo específico para substâncias duras como caules e raízes. No caso do aspargo, devido a estrutura da planta não dá para fazer o chá através da infusão pois ela não é solúvel em água.

Por esta razão, é preciso esmagar ou cortar em pequenos pedaços o ingrediente principal e jogar imediatamente no recipiente com água. Depois, é só esperar ferver por 10 minutos, coar e ingerir assim que a bebida estiver morna.

No caso do chá de aspargos, a proporcionalidade dos ingredientes é três litros de água para cada 40 g de raízes. Já com relação ao consumo, este deve ser moderado, isto é, três xícaras por dia. A preferência é que o líquido seja ingerido entre as principais refeições do dia. E o restante que sobrar pode ser armazenado na geladeira em um recipiente fechado, por no máximo um dia.