Se livre do resfriado com chá de chamaria

Por Katharyne Bezerra em Plantas, Saúde

Planta da família das Asteraceae, Elephantopus scaber ou simplesmente chamaria, é uma erva cujas as propriedades fazem dela um excelente remédio caseiro. Também chamada de erva-colégio, erva-de-veado, erva-grossa, erva-do-diabo, erva-de-sangue etc., esta planta concentra seus benefícios em suas raízes e pode servir no preparo de um chá.

Propriedades medicinais e efeitos benéficos

  • Adstringente;
  • Sudorífica;
  • Béquica;
  • Emenagoga;
  • Tônica;
  • Resolutiva;
  • Anticatarral;
  • Antirreumática;
  • Diurética;
  • Emoliente;
  • Antilítica;
  • Vulnerária;
  • Anti-hepértico;
  • Antissifilítica;
  • Febrífuga.
se-livre-dos-sintomas-do-resfriado-com-cha-de-chamaria

Foto: reprodução/Wikipedia

Chamaria é ideal para tratar problemas como bronquite, catarro pulmonar, febre, gripes fortes e tosse. Além disso, pode ser útil para tratar cálculos urinários, úlcera e tumor. A planta também é aliada das mulheres, tendo em vista que ela pode amenizar o calor da menopausa.

Dermatose, dor de cabeça, erupção cutânea e feridas são os problemas de saúde que também podem ser tratados com a chamaria. Já quem deseja melhorar o sono, pode usar o chá desta planta para conseguir bons resultados durante a noite. Assim, é possível dar adeus à insônia.

Como preparar este chá?

Poucas pessoas conhecem, mas existe uma forma de preparo de chá chamado de decocção. Neste processo, há a fervura de parte da planta, mas a diferença é que o ingrediente principal é antes triturado. Neste caso, usa-se uma colher (de sopa) de raízes de chamaria cortadas em pequenos pedaços e, em seguida, coloca para ferver com uma xícara de água.

Depois de pronto, é só coar e servir. Deve-se tomar até duas xícaras durante o dia e a noite, tendo em vista que o efeito sudorífico pode atrapalhar durante a parte da manhã. Além da ingestão do chá, ele pode ser usado também de forma externa, contemplando banhos, servido para fazer cataplasmas ou ainda aplicando nas têmporas.

Contraindicações e outras recomendações

Mesmo se tratando de um remédio natural, chamaria não é indicado em algumas situações, como no caso das grávidas e lactantes. Isto porque, a planta pode interferir no desenvolvimento do feto e prejudicar tanto o sabor como também os nutrientes do leite materno. Desta maneira, é bom evitar o uso do chá da erva durante estes dois períodos. Além disso, crianças menores de 12 também não devem fazer uso deste remédio caseiro.

Já nos demais casos o uso de chamaria é indicado, mas é sempre importante consultar um médico antes. Assim, o paciente consegue ter um resultado melhor no tratamento e não coloca em risco à sua saúde. Vale lembrar também que o excesso no consumo do chá desta planta pode ser tóxico ao organismo, podendo causar fortes dores na região da barriga e vômitos.