Todos os benefícios do chá de equinácea

Por Katharyne Bezerra em Plantas, Saúde

Echinacea purpurea. Este é o nome científico para a planta mais conhecida como equinácea. Conhecida e apreciada pelos índios nativos da América do Norte, se tornou umas das plantas mais estudadas do mundo. Essa característica se deve a importância que ela possui nos tratamentos médicos, como na estimulação do sistema imunológico, e impedindo o desenvolvimento de infecções respiratórias e de afecções na pele.

Propriedades da equinácea

  • Antialérgica;
  • Antibiótica;
  • Anti-inflamatória,
  • Desintoxicante;
  • Imunoestimulante.

Aliada do sistema imunológico

De todas as suas ações benéficas, a que mais destaca a equinácea é o poder imunoestimulante que ela detém. Isto lhe faz ser capaz de fortalecer as proteções naturais do organismo e estimula o corpo a enfrentar as doenças infecciosas no geral. Gripes, resfriados e outras doenças respiratórias não se desenvolvem com o uso desta planta.

Além disso, a equinácea atua com empenho na diminuição dos efeitos que a quimioterapia anticancerígena provoca no corpo dos pacientes. Desta forma, consegue atenuar os resultados negativos que este tratamento causa. Eliminando também as toxinas presentes no organismo, funcionando nesse sentido como um “faxineiro” do bem.

Todos os benefícios do chá de equinácea

Foto: Reprodução/ internet

Porém, não é só por dentro que esta planta se torna uma aliada da saúde humana. Com sua ação anti-inflamatória, pode ser utilizada por via externa no tratamento de lesões e afecções na pele, como ferimentos e queimaduras. Estas ações estão relacionadas à seus poderes anti-infeccioso, cicatrizante e regenerador.

Como usar a equinácea?

Já existem comprimidos e cápsulas à base desta planta. Porém, quem prefere um remédio natural ao invés de um industrializado também pode se beneficiar com as propriedades benéficas da equinácea. Sendo assim, pode ser aproveitada em forma de compressa, quando for usada em uma região exterior. Mas também como tisana, para melhorar males no interior do corpo. Suas folhas, flores e raízes podem ser encontradas em lojas de produtos naturais online ou físicas, e em feiras livres.

Preparando o chá:

Use uma colher de chá para apanhar folhas ou raízes picadas. Jogue-as em uma xícara e em seguida despeje a água quente. Tampe o recipiente e deixe a mistura descansar por aproximadamente 10 minuto. Coe e beba sem adoçar. A dica é ingerir esta bebida de duas a três vezes por dia, de preferência entre as refeições.

Precauções e contraindicações

Apesar de ser muito benéfico, o chá desta planta deve ser consumido na quantidade indicada, evitando assim algumas reações indesejadas. Como tudo na vida, é necessário ter equilíbrio na dosagem. Se esta bebida for ingerida corretamente não haverá indícios de efeitos colaterais para o consumidor. Sendo assim, é necessário bastante atenção.

O recomendado é não fazer uso da planta nos períodos de gestação e lactação, assim como em pacientes com tuberculose, esclerose múltipla, HIV e colagenose. Pessoas que tomam remédios do tipo corticoides, cetoconazol, entre outros, precisam de autorização médica para fazer uso deste remédio natural, tendo em vista que a equinácea pode interagir com estes e outros fármacos.