Use chá de açucena para tratar queimaduras e úlceras

Por Robson Merieverton em Degustação, Plantas, Saúde

Quem achou que a flor de açucena servisse apenas para ornamentar os ambientes, se enganou. Ela também possui propriedades benéficas para a saúde quando consumida na forma de chá. Porém, é bom que o paciente consultar sempre o médico para saber das indicações e restrições.

Popularmente conhecida por açucena, amarílis e flor-da-imperatriz, cientificamente, a planta se chama Lilium candidum.

No Império Romano, a planta era considerada uma representação da “tristeza e angústia” pela falta da pessoa amada. O termo “açucena” teve origem na língua tupi, que significa “singela e branca”.

Use chá de açucena para tratar queimaduras e úlceras

Foto: depositphotos

A açucena possui flores vistosas, brancas com grandes pétalas, e coloração vermelha amarelada na base. Geralmente ela é usada com bastante ênfase na ornamentação de ambientes e na composição de jardins. Seu crescimento é melhor em temperaturas medianas e sua haste floral pode medir até dois metros de altura.

Benefícios da açucena

Entre os principais benefícios da açucena no organismo humano, destaque para os efeitos diuréticos e emolientes. Além do mais, o óleo extraído dos bulbos é muito usado na fabricação de medicamentos que combatem dores reumáticas e artríticas.

A açucena também pode ser utilizada no tratamento de casos de contusão, dor de ouvido, queimadura, mancha cutânea, espasmos e úlcera. Ela também é um remédio de uso externo bastante eficaz. A partir da conservação das pétalas em aguardente, ela pode ser usada devido às propriedades anticépticas e cicatrizantes.

Ela também é usada na indústria dos cosméticos pela força bioativante presente nos extratos de seu bulbo, ao serem aplicados para a regeneração da cútis.

Chá de açucena

Para preparar o chá da açucena, basta colocar para ferver 200 ml de água. Depois que atingir o ponto de ebulição misturar com as pétalas ou o bulbo da flor. Espere cerca de 10 minutos até esfriar, retire as pétalas ou o bulbo e consuma. Os efeitos são anticépticos e cicatrizantes.